05 nov

Segunda ordem religiosa mais antiga do Brasil, a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria iniciará na segunda-feira, dia 03 de novembro, a 19ª edição do Capítulo Geral Ordinário com o tema “Irmãs do ICM, em comunidades solidárias, enviadas a testemunhar a justiça e a profecia do Reino de Deus”, e lema: “Avancem para a outra margem(cf. Mt 8, 18). A Congregação foi fundada em 08 de maio de 1849, pela Bem-Aventurada Bárbara Maix. Está presente em 08 países e em 15 estados brasileiros, além do Distrito Federal. A Sede Geral está em Porto Alegre/RS.

O Capítulo Geral encerrará o sexênio 2009-2014. É um tempo de graça e de ação do Espírito Santo. É o evento maior da vida congregacional. No Capítulo, as Irmãs que representam as comunidades ICM refletirão e avaliarão a inserção da Congregação no contexto eclesial, social e cultural, no hoje da história. Procedem à releitura e atualização do Carisma, à tomada de decisões necessárias à concretização da missão, na fidelidade ao Reino de Deus, com renovado ardor evangélico. Na oportunidade, será feita a eleição da Diretora Geral, do Conselho Geral e a histórica decisão pela reconfiguração congregacional: supressão de cinco províncias (já realizada) e a fundação de duas novas.

O Capítulo Geral será realizado no período de 03 a 13 de novembro de 2014, em Vale Vêneto, município de São João do Polêsine, no Rio Grande do Sul. Participarão 64 Irmãs, destas, 57  religiosas com direito a voto e outra sete convidadas.

Decisão histórica – a reconfiguração congregacional
O XIX Capítulo Geral Ordinária trará consigo uma das mudanças mais significativas para a história ICM dos últimos tempos: a reconfiguração congregacional. Fruto de longos estudos, avaliações, oração e participação das Irmãs, a Congregação realizou a supressão das cinco províncias – Porto Alegre, Santa Maria, Caxias do Sul, São Paulo e Teresina – para a fundação de duas novas. A Diretora Geral, Irmã Marlise Hendges, explica essa mudança:

“No intuito de revitalizar a missão, realizamos uma ampla Reconfiguração Congregacional, no sentido de suprimir as cinco Províncias atuais e criar duas novas. Após longo processo de reflexão, decidimos fundar a Província Maria, Mãe de Deus, com sede em Caxias do Sul – RS, e a Província Nossa Senhora de Guadalupe, com sede na cidade de São Paulo – SP. Acima de tudo, desejamos reconfigurar o discipulado a Jesus Cristo, a vida em comunidades solidárias e a missão que o Senhor nos confia.”destaca.

Em mensagem à comunidade eclesial, a Diretora Geral pediu orações pelo bom êxito do  evento: “Num clima de fé, e pertença à mesma causa do Evangelho de Jesus Cristo, partilhamos esse acontecimento eclesial, de interesse de toda a Comunidade Cristã, na certeza de poder contar com a comunhão e as preciosas e indispensáveis preces de todos/as”, disse.
Além disso, uma especial particularidade marcará o evento máximo da Congregação: pela primeira vez, uma religiosa não-brasileira, uma Irmã moçambicana participará do Capítulo Geral, a Irmã  Ercida Augusto Paulo.

Duas grandes Províncias: compromisso com a evangelização e com a sociedade

A Conselheira Geral, Irmã Gema Tonial explica a dinâmica de formação das novas Províncias:

A Província Maria Mãe de Deus será constituída de 89 comunidades e 547 Irmãs. As Comunidades situam-se nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, nos países: Argentina, Paraguai e Moçambique.

A Província Nossa Senhora de Guadalupe será constituída de 36 comunidades e 155 Irmãs. Compreende as comunidades situadas nos Estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo, Tocantins, nos países: Bolívia, Haiti e Venezuela.

A data da fundação de cada Província coincidirá com o dia da abertura do I Capítulo Provincial de Fundação da nova Província, ou seja, 25 de novembro de 2014 e 02 de dezembro de 2014, respectivamente. Outras  29 Irmãs, distribuídas em 05 comunidades, constituem o Setor Geral da Congregação, ou seja, não integram nenhuma Província e estão a serviço de toda a Congregação. Estão situadas no Rio Grande do Sul e em Roma.

Marco do sexênio: A beatificação de Bárbara Maix

Sem dúvidas, a beatificação da fundadora Bárbara Maix, é a grande marca deste tempo. Realizada no dia 06 de novembro de 2010, em Porto Alegre/RS, a Congregação entregou Bárbara Maix a toda a Igreja como um modelo de seguimento a Jesus Cristo. Foram mais de 20 anos até que o Vaticano, através do Papa Bento XVI a reconhecesse como Bem-Aventurada.

Igualmente é marca deste tempo o fortalecimento da mantenedora Sociedade Educação e Caridade, e a fundação do Instituto Religioso Bárbara Maix (2011). Ambas instituições qualificam ainda mais a reconhecida ação das Irmãs nas áreas da educação, ação social com os mais pobres, saúde, ação pastoral e missionária.

Também a adoção do combate e prevenção ao Tráfico de Pessoas  como linha de ação comum  se configura como um marco deste tempo. Neste sentido, convém evidenciar a fundação da  comunidade Bem-Aventurada Bárbara Maix, em Manaus/AM que atua com esta finalidade específica.

Presença atual
A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria é a segunda congregação mais antiga do Brasil  com 165 anos de fundação, sendo a primeira de vida ativa. Conta com mais de 700 Irmãs presentes em 15 estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Brasília, Amazonas, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Piauí, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba e Tocantins e nos seguintes países: Itália, Moçambique, Paraguai. Haiti, Venezuela, Bolívia e Argentina.

CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
Assessoria de Comunicação: MAGNUS REGIS
(51) 8159-6229 / 9590-1327
(51) 3323-9800
Site: www.icm-sec.org.br
Facebook: www.facebook.com/irmas.icm