2º Dia do Tríduo pelos 170 anos de fundação da Congregação

 
 
 

 2º dia – CORAGEM PARA CONCRETIZAR O APELO DE DEUS

Ambiente: Palavra de Deus em lugar de destaque, quadro de Bárbara Maix, barco, farol ou imagem de um farol, caixa de presente com os nomes das jovens que vieram com Bárbara ao Brasil, flores.

Refrão orante: Deus velará por nós (2x), Deus velará, Deus velará, Deus velará por nós! – (CD Por Tudo Dai Graças, nº11)

  1. MOTIVAÇÃO INICIAL

Animador/a – Neste segundo dia de oração, nos preparando para a festa dos 170 anos de fundação da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, queremos refletir e rezar a coragem do seguimento ao Mestre Jesus, por Bárbara e suas 21 companheiras. A coragem fez com que nossa fundadora deixasse sua pátria e seguisse o farol da Vontade de Deus, disposta a trilhar um caminho de sofrimentos, desafios e alegria pela entrega total ao Evangelho. Iniciemos este encontro traçando sobre nós o sinal da cruz: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Canto: Hino da Beatificação (CD Por Tudo Dai Graças, nº1).

  1. De Viena, tua terra, tu vieste ao Brasil em missão / Pois o Reino de Deus sem fronteiras fez de pátria qualquer o teu chão / A Vontade do Senhor foi o sol que iluminou os teus passos, o teu viver. Aos pequenos e aos pobres, do Senhor os preferidos, foste inteira coração.

Ó Bárbara, Bendita és Tu, fiel Serva do Senhor / Anima o nosso caminhar na esperança, fé e amor.

  1. Foi a Fonte Amor Trindade que gerou esta obra de luz e a vivência em comunidade do perdão, da justiça e da paz. É a herança que de ti recebemos, graça e dom, a serviço da comunhão. E discípulas de Cristo, missionárias da esperança, nós seremos sal e luz.
  2. Sê Bendito Deus Amado, novo brilho na igreja surgiu / Tua Serva Bem-Aventurada, vinha fértil, bons frutos nos deu. Caridade, viva fé, confiança e compaixão, aprendeste aos pés da cruz. Com Maria disponíveis, ao Projeto do Seu Filho, seguiremos sem temor.
  3. RECORDAÇÃO DA VIDA

Animador/a: Bárbara Maix nasceu em Viena, Áustria. Deixou sua pátria por causa da perseguição religiosa, movida pela Revolução Liberal de 1848. Emigrou para o Brasil com mais 21 companheiras, chegando ao Rio de Janeiro após 57 dias de viagem, com a barca Merk. Acolhida pelas Irmãs Concepcionistas, no Convento Nossa Senhora da Ajuda e, após seis meses, fundou a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, no Rio de Janeiro, no dia 08 de maio de 1849. Assumiu a primeira escola, no dia 20 de maio de 1849, da Irmandade Nossa Senhora do Terço; assumiu, igualmente, a educação na Ilha do Bom Jesus e outros espaços, atendendo crianças pobres. Neste período rompeu forte onda de febre amarela e cólera, matando muitas pessoas, sendo que numa semana morreram 09 noviças. Assumiu também obras no Rio Grande do Sul: Pelotas, Rio Grande e Porto Alegre.

Desafios e dificuldades, pobreza e sacrifícios, fé, esperança, confiança e coragem a fizeram não desanimar e, ao contrário, confiar plenamente em Deus.

Todos: “Chegamos ao Rio de Janeiro, em novembro, sem dinheiro, sem conhecimento de ninguém, sem saber a língua, com muita fome, mas cheias de confiança em Deus e Nossa Senhora” (Madre Isabel).

  1. DINÂMICA

Animador/a – Vindas do Porto de Hamburgo, na Alemanha, a terras brasileiras, recebem, no dia 09.11.1848, um grande presente: 22 jovens dispostas a trabalhar pelo Reino de Deus, enfrentando o desconhecido e disponíveis a se doarem inteiramente em uma nova Congregação Religiosa.

(abrir a caixa de presente e retirar os nomes das companheiras de Bárbara Maix, lendo-os e colocando-os no cenário).

Madre Maria Bárbara da SS. Trindade

Irmã Maria Isabel do Precioso Sangue

Irmã Maria Regina de Jesus Flagelado

Irmã Ângela das Sete Dores

Irmã Maria Martina da Anunciação

Irmã Maria Anna do Menino Deus

Irmã Maria Juliana da Ascenção

Irmã Maria Catarina do Coração de Maria

Irmã Edwiges da Crucificação

Irmã Maria Margarida de São José

Irmã Maria Jacinta da Ressurreição

Irmã Maria Gabriela dos Anjos

Irmã Maria Helena da Santa Cruz

Irmã Maria Filomena dos Prazeres de Nª Sra.

Irmã Maria Josefa

Irmã Maria Eufrosina da Encarnação

Irmã Maria Joana de São Francisco

Irmã Maria Teresa de Jesus

Irmã Maria Bernarda do SS. Sacramento

Irmã Maria Ágata

Irmã Maria Cristina do SS. Nome de Jesus

Irmã Maria Clara

 

Refrão: /: Ânimo, coragem, Deus vê o nosso lutar:/ (CD Por Tudo dai Graças, nº 04).

  1. MOMENTO DA PALAVRA

Animador/a: Busquemos, na Palavra de Deus e nos fragmentos dos escritos de Bárbara Maix, a fonte inspiradora da Vontade de Deus e da vivência do Projeto de Jesus Cristo.

  1. Fragmentos dos escritos de Bárbara

Leitor 1 – “Eu sei tão certo como é certo que Deus existe, que será assim e não de outro modo, pois foi Ele e não eu, quem fundou a Congregação” (Bárbara Maix, 1871).

“Eu vos digo de todo coração: nisto podeis conhecer que é obra de Deus e não minha; se fosse minha, com tantas coisas que passaram, ela já teria acabado e estaria desfeita” (B. Maix, 14.9.1871).

Leitor 2 – Como prática de fundação da Congregação assumiu a proposta da educação cristã: “Dedicar-se-ão à educação de crianças e jovens, especialmente das mais abandonadas: darão abrigo e orientação a mulheres e jovens desempregadas e visitarão os doentes, não só para servi-los na doença, como enfermeiras, mas, principalmente, para auxiliá-los espiritualmente em proveito de suas almas” (Cf. Constituições, 1852).

Leitor 3 -“Se vivêssemos segundo o espírito mundano e quiséssemos educar as nossas filhas conforme este espírito não teríamos empecilho algum, nem adversários. Como queremos viver segundo o estilo antigo, como os primeiros cristãos, aí está a dificuldade” (Bárbara Maix, 14.10.1869).

  1. b) Palavra de Deus

Leitor 4 – “Meu alimento é fazer a Vontade Daquele que me enviou e realizar a sua obra” (Jo.4,34).

“Não tenha medo, pois eu estou com você para protegê-lo, oráculo de Javé” (Jr.1,8).

“Então eu digo: aqui estou – como está escrito no livro – para fazer a Tua Vontade” (Sl 40,8-9).

  1. MEDITAÇÃO

Animador/a – Ao ler os escritos de Bárbara Maix e os textos da Palavra de Deus, percebe-se que Bárbara é uma mulher que viveu profundamente imbuída na Palavra de Deus. Mulher forte e corajosa, aquela que soube escutar, acolher, guardar e viver a Palavra de Deus no dia a dia, sempre atenta aos apelos de cada momento histórico. Em nossa vida é possível experimentar os efeitos da coragem, porque o amor de Deus é continuamente derramado nos corações de quem confia Nele. Somos convidados a repetir palavras ou expressões que ficaram gravadas em nosso coração. Como experimento os efeitos da coragem em minha vida? (silêncio).

Refrão: Ó Bárbara, bendita és Tu, fiel Serva do Senhor! Anima o nosso caminhar na esperança, fé e amor.

  1. ORAÇÃO

Animador/a – Bárbara nos inspira com coragem e profecia, a assumirmos, cada dia, nossa missão. Nos ensina a não perdermos de vista o farol, a centralidade do amor, razão de sermos discípulos de Jesus.

Queremos ser discípulos/as fiéis de Jesus Cristo, por isso guiemo-nos pelas palavras do Papa Francisco:

L1 – “Não deixemos que nos roubem o entusiasmo missionário.

L2 – Não deixemos que nos roubem a alegria da Evangelização.

L1 – Não deixemos que nos roubem a esperança.

L2 – Não deixemos que nos roubem a comunidade.

L1 – Não deixemos que nos roubem o Evangelho.

L2 – Não deixemos que nos roubem o ideal do amor fraterno.

Todos: Não deixemos que nos roubem a força missionária” (Papa Francisco).

Convidar a acrescentar outros valores a serem cultivados – Não deixemos que nos roubem…

Breve silêncio

Animador/a – Retomando o percurso realizado pela Bem-Aventurada Bárbara Maix: viagem, sonhos, abandono da pátria e da família, busca do farol/Vontade de Deus, fome, dificuldades…, inseguranças na nova terra, nova missão, novos apelos de Deus, façamos um momento de silêncio e olhemos para nossa vida, nos perguntando: deixo Deus agir em minha vida? Que importância dou para a voz de Deus no meu interior, e na iniciativa de contribuir no resgate e promoção da vida?

Refrão: Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente.

 BÊNÇÃO: Deus, Luz de todos os povos, nos reúna no seu amor, nos abençoe e faça brilhar sobre nós a sua luz agora e sempre. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Bem-Aventurada Bárbara Maix, rogai por nós!

Deixe seu comentário