Assembleia encerrou as atividades da Província de Porto Alegre

 
 
 

Ir. Ilse Rigo

provincia icm porto alegreAos dezoito dias do mês de outubro de 2014, no Instituto Coração de Maria, em Porto Alegre, reuniram-se, em Assembleia, as Irmãs da Província de Porto Alegre, com o objetivo de realizar o ato de encerramento da Província que se estendeu nos dias 18 e 19 do mês de outubro.

No dia 18, no Instituto Coração de Maria, com a presença da Diretora Geral, Coordenadora Provincial, Irmãs Conselheiras da Província, Capitulares e convidadas e, no dia 19, no Colégio Nossa Senhora da Glória, com a presença das Irmãs citadas acima e mais as Irmãs das Comunidades da Província. A Assembleia foi presidida pela Diretora Geral, Irmã Marlise Hendges e coordenada pela Irmã Cecilia Walesca Knorst, Coordenadora Provincial.

No dia dezoito, a Irmã Cecilia Walesca Knorst, após saudação inicial, convidou as Irmãs a participarem da Adoração ao Santíssimo, no Santuário São Rafael, momento em que foram manifestados sentimentos de louvor, ação de graças, gratidão pelos benefícios recebidos durante os 62 anos de existência da Província de Porto Alegre. Num momento de partilha, as Irmãs colocaram, diante do Santíssimo, experiências significativas do processo de formação inicial e permanente, projetos em favor da vida de pessoas necessitadas, a dedicação no cuidado da saúde e o empenho na educação evangélico-libertadora, especialmente, o testemunho de amor, doação e fidelidade à vontade de Deus expresso na missão das Comunidades. A equipe de liturgia que coordenou a oração, fez ainda memória de feitos, em cada triênio, dos 62 anos de existência da Província.  Recordou o desempenho na dinamização da vida e missão de cada Coordenadora Provincial e Irmãs Conselheiras com suas iniciativas que desencadearam crescimento nas relações em comunidade, fortalecimento na opção pelos pobres, aprimoramento no cuidado com a saúde, melhoria na gestão da educação evangélico-libertadora.

Retornando à sala da Assembleia, deu-se continuidade à programação. Irmã Cecília Walesca Knorst, Coordenadora Provincial, com mensagem de abertura, expressou sua alegria pela presença das Irmãs e, especialmente, pela presença da Diretora Geral, Irmã Marlise Hendges, dizendo: Acolho, com alegria, cada Irmã e, com muito carinho, a Diretora Geral, Irmã Marlise Hendges que marca sua presença neste Ato em que damos mais um passo na concretização do processo da Reconfiguração da Congregação – o encerramento de nossa Província de Porto Alegre sob a proteção da Santíssima Trindade. Vivemos um momento de emoção, expressão de afetos, amor misturado a sentimentos de gratidão e reconhecimento por todo bem que cada Irmã realizou na vida desta Província. Muitas foram as Irmãs e as Comunidades que integramos a Província de Porto Alegre e grande foi a dedicação de todas nos serviços dedicados ao Reino.  No decorrer de 62 anos de existência, muitas sementes foram lançadas e muitos frutos foram colhidos do trabalho missionário. Certamente, há ainda sementes por desabrochar. Como o tempo e a história perduram, continuaremos vivendo a missão de semear, cultivar, colher resultados missionários como Província Maria Mãe de Deus. Maria é Mãe solícita a velar por nós suas filhas; Mestra a educar na escuta da Palavra; Serva que ensina acolher os apelos do Espírito e encarná-los. Ela é Mãe que nos acompanha em todos os processos do desenvolvimento humano e espiritual, especialmente, no processo de sermos sinais da Profecia e da Justiça do Reino instaurado pelo seu Filho Jesus. A comunhão que aprendemos da SS. Trindade, a busca de relações mais humanas e fraternas, o desejo de vivermos em comunidades solidárias, a paixão por Jesus e seu Reino, a dedicação no cuidado da vida, especialmente da vida dos mais pobres e necessitados, Maria nos ajudará a prosseguir e a continuar desenvolvendo e fortalecendo nosso ser discípulas missionárias. A Mãe de Deus nos ajuda a manter o olhar fixo em Jesus e a segui-Lo com alegria e generosidade de coração, especialmente neste tempo de ressignificação da Missão.  O Papa Francisco, atualmente, nos desafia “Despertem o mundo! Sejam testemunhas de uma forma diferente de fazer as coisas, de agir, de viver! É possível viver neste mundo de forma diferente!” O tempo presente exige centramento de nós mesmas e muita oração! A intimidade com Deus é a força que possibilita alargar o espaço do coração, abraçar o diferente, enfrentar desafios, superar dificuldades. Frei Clodovis Boff lembra: “Temos que fortalecer a nossa pessoa interior. Temos que ter um coração grande, maior que eu, que abrace os outros e abrace o mundo como foi o coração de Cristo”. Nos Relatórios, que a seguir apresentaremos, constam muitas sementes lançadas, flores cultivadas e frutos colhidos no triênio pelas Irmãs Conselheiras que contaram com a participação e a colaboração das Irmãs e dos múltiplos sujeitos da missão. Agradecemos às queridas Irmãs que ajudaram a viver nossa missão como Conselho Provincial e a dinamizar a vida e a missão nas Escolas, no Hospital, nas Obras Sociais, nas Pastorais e em todas as Comunidades. O Papa Francisco ainda nos diz que necessitamos "Permanecer de joelhos. Parece nada, mas é tudo, pois a alma cresce, cresce o coração quando a pessoa está ajoelhada”. Maria Mãe de Deus e a bem-aventurada Bárbara Maix, com generosidade maternal, nos acompanham com sua bênção e proteção.

Prosseguindo, a Diretora Geral Irmã Marlise Hendges usou a palavra dizendo: “Queridas Irmãs, Louvados sejam os Santíssimos Corações de Jesus e de Maria! Venho, com alegria, participar desta Assembleia. Vivemos um tempo sem precedentes, um tempo desafiador, mas muito abençoado. Tivemos a grande graça de vivenciar a Beatificação de Bárbara Maix! É ela que nos encoraja a viver esse tempo de travessia, tempo em que navegamos para a outra margem. Ela mesma fez muitas travessias. E é por causa dessas Travessias que a Congregação existe. O futuro da Congregação depende da nossa capacidade de realizarmos travessias. Gostei do Tema que deram para o artigo do Informativo Geral: Travessia para o Futuro. Há uma afirmação de Bárbara que nos encoraja para este momento: “Deus de quem tudo procede é todo-poderoso e, somente Ele, pode mudar tudo e dirigir tudo como deve ser e como quer que seja a nossa Congregação e como, desde o início, ordenou que fosse. Eu sei tão certo como é certo que Deus existe que será assim e não de outro modo, pois foi Ele e não eu quem fundou a Congregação”. Que essa mesma fé que Bárbara teve, nos faça caminhar na direção da Vontade de Deus. Ele sabe o rumo certo para a Congregação. Buscamos, com a Reconfiguração, revitalizar a Missão. Por isso, estamos preparadas para avançar, mudar, deslocarmo-nos, sair, atravessar. O Papa Francisco insiste muito numa Igreja em saída, ir ao encontro. Vida Religiosa em saída é uma Vida Religiosa em atitude de constante travessia na busca de desperte o mundo, do comodismo, da falta de fé e de amor. Com esta Assembleia, o barco já está atracando na outra margem. Ainda é tempo de analisar para ver se não trouxemos coisas demais, coisas velhas que não ajudam a vivermos na outra margem. Hoje é um dia importante. Olharemos, de novo, sobre o todo realizado pela Província Santíssima Trindade neste último triênio e entoemos louvores todas as iniciativas em favor do Seu Reino.”

Após lembrar o objetivo da Assembleia e a programação do dia, passou-se à apresentação do Relatório das Atividades do Triênio na Província, Relatório de Finanças, Apreciação dos Relatórios pelas respectivas Comissões.

encerramento província icm de porto alegreNo dia 19 de outubro, no Colégio Nossa Senhora da Glória, as atividades iniciaram com a Celebração Eucarística presidida pelo Padre Geraldo Koling, SJ e preparada pela Equipe de Liturgia que, na acolhida, contemplou memória da missão da Província nos sessenta e dois anos de existência, convidando as Irmãs a um grande hino de ação de graças e à atitude de acolhida do novo tempo dispostas à criativa fidelidade a Deus e ao povo. Na homilia, o Padre Geraldo Kolling animou a fazer a travessia com vibrante coragem e olhar com esperança o novo horizonte da Província Maria Mãe de Deus. Aproveitando as palavras gratidão, louvor e esperança, palavras motivadoras da celebração ressaltou que gratidão é nobre sentimento de quem reconhece ter sido agraciado pelo poder e pela misericórdia de Deus; louvar é atitude de quem se sente pequeno, de quem espera em continua confiança em Deus; esperança é virtude dos fortes, é a força de quem caminha na realização da Vontade de Deus. Parabenizou a iniciativa que a Congregação toma da Reconfiguração e expressou sentimentos de comunhão por estar na mesma travessia como Companhia de Jesus. Desejou a proteção divina para um feliz coroamento da travessia e uma nova caminhada dinamizada pelo amor de Deus.

encerramento província icm de porto alegre2No momento de Ação de Graças, a Diretora Geral dirigindo-se às Irmãs disse: “Queridas Irmãs, o dia de hoje é um marco de Louvor e Gratidão a Deus pela vida da Província de Porto Alegre que sela travessia para a Província Maria Mãe de Deus. Prossigamos felizes, esperançosa com mãos cheias dos valores cultivados, das ricas experiências vividas, com coração repleto de amor, a mente iluminada! Vamos partilhar com as demais da nova Província protegida e conduzida pela Mãe de Deus. Vamos construir uma Província fraterna, missionária, mística e profética, onde o testemunho de vida fala mais alto do que palavras. Queridas Irmãs, é o Amor que nos torna livres, nos faz itinerantes, nos torna abertas para acolher o novo, o diferente que o Espírito vai indicando. O amor nos faz querer sempre o melhor, nos faz buscar aquilo que edifica, une e gera vida. Bárbara recomenda: “Toda essa sabedoria aprende-se na escola da Santa Cruz”. Então, queridas Irmãs, se a cruz aparecer, não fujamos dela. Aprendamos, com ela, amar, amar e amar. Externo profunda gratidão a cada Irmã, por aquilo que é e pelo que faz para tornar a Congregação mais de acordo com o sonho de Deus e da Bem-Aventurada Bárbara Maix. Convido a entoarmos Louvai a Deus e a sua Misericórdia”.

encerramento província icm de porto alegre3Irmã Cecília Walesca Knorst, Coordenadora Provincial, também dirigiu palavras de ânimo, encorajamento, gratidão e esperança às Irmãs dizendo: “Olhando a história, vemos muitos gestos proféticos vividos por nós, testemunhos generosos de vida em meio a sofrimentos, sensibilidade, acolhida e resposta a apelos de Deus que fez a diferença na missão da Província. Que este momento indescritível marque a vida da Província com o selo da realização da Vontade de Deus. Queremos que Maria nos acompanhe e sustente em nossa missão de discípulas missionárias e que nos ajude a caminhar concretizando a Justiça e a Profecia do Reino de Deus. Que a Bem-aventurada Bárbara Maix nos ajude a sempre reconhecer a Deus que caminha conosco e a cantar suas maravilhas a nosso favor. Convido a todas a  entoarmos o cântico do Magnificat.

Na sequência, houve o almoço de confraternização e, após, as Comunidades relataram ou dramatizaram de forma criativa uma experiência significativa de sua vida e missão. Este dia contou com a presença de 123 Irmãs da Província de Porto Alegre, Irmã Marlise Hendges – Diretora Geral, Irmãs Conselheiras Gerais, Irmãs das Comunidades do Instituto Coração de Maria, Postulado Coração de Maria e Santa Teresa.

“Esperemos, com santa paciência e humildade, na Divina Providência que, já há 30 anos, nem um dia nos faltou. Seu braço onipotente não cansou, não. Não, Deus é nosso Pai e sabe que tudo é para Ele!” (Petrópolis, 27.11. de 1872).

gallery

Deixe seu comentário