CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE BÁRBARA MAIX SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA 23 DE JUNHO DE 2018

 
 
 

Queridas Irmãs, queridas formandas, leigos/as ICM, Colaboradores/as, Sacerdotes, amigos/as de Bárbara e da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria. Muito querido Bom Cláudio, muitíssimo obrigada por ter aceito vir presidir esta tão importante Celebração.

Sejam todos bem vindos, sejam todas bem vindas!

Hoje é um dia extraordinário na vida da Congregação, na vida da Igreja. Celebrar 200 anos do nascimento de Bárbara é motivo de grande júbilo. Este fato histórico faz brotar, do fundo do nosso coração, um imenso louvor e ação de graças a Deus por aquilo que Ele fez, pela sua intervenção na história, dando vida à esta pessoa, Bárbara, que buscou sempre e em tudo realizar a Sua Santa Vontade. Deus realizou maravilhas nela e através dela, no mundo. O Carisma de Bárbara, que é um presente de Deus para a Igreja e para o Mundo, nos atraiu e nos reuniu, por isso estamos nós aqui.

O Bicentenário do nascimento da Bem-Aventurada Bárbara Maix é um tempo jubilar, um “tempo de Graça”, que vivemos na Congregação ICM com um profundo sentimento de gratidão ao Deus Trindade, autor da Obra Congregação. Com humildade, mas com grande alegria, bendizemos a Deus, pois é Ele que abençoou este fascinante Projeto de Vida Religiosa Consagrada, proposto por Bárbara Maix, sob a poderosa proteção do Imaculado Coração de Maria. É um momento jubilar para todos nós que já formamos esta grande Família e para as muitas outras pessoas que, inspirando-se em Bárbara Maix, no seu carisma, na sua missão e espiritualidade, irão aderindo gradativamente à Congregação ICM, sejam como consagradas, sejam como leigos/as ICM.

Trata-se de um tempo jubilar para todas as pessoas que, de uma maneira ou outra, fazem parte da Congregação, das suas atividades, propostas, e caminham compartilhando a espiritualidade e os esforços pelo bem de crianças, adolescentes, jovens, mulheres, famílias, especialmente dos mais pobres e excluídos.

O Bicentenário quer ser, para todos nós, uma ocasião preciosa para contemplar o passado com reconhecimento, o presente com confiança e sonhar o futuro da misisão da Congregação com força e novidade evangélica, com coragem e visão profética, deixando-se guiar pelo Espírito que sempre nos aproximará da novidade de Deus.

O Ano do Bicentenário foi oportunidade para uma verdadeira renovação espiritual e missionária em nossa Congregação, ocasião para tornar mais vivo o carisma e tornar Bárbara mais conhecida e amada.

Nesta Celebração jubilar sentimo-nos animados, não só para admirar Bárbara, mas, acima de tudo, para vivenciar o seu projeto com mais intensidade, com fidelidade criativa e com um amor apaixonante pela causa do Evangelho.

Queridas Irmãs e formandas, agradeço, de coração a presença de cada uma de vocês aqui. Fico a imaginar a alegria de Bárbara ao ver o seu projeto continuando a produzir frutos, frutos de solidariedade, de justiça, de profecia e de amor. Que ela alcance muitíssimas graças e bênçãos de Deus para cada uma.

Nosso maior presente quer ser continuar assumindo o projeto por ela idealizado e, com grande satisfação, podemos comunicar que às vésperas do aniversário de Bárbara completamos 200 ações sociais solidárias, assumidas na abertura do Ano do Bicentenário. Em nome de Bárbara agradecemos a todos quantos se empenharam em oferecer esse presente à nossa querida aniversariante. Com certeza continuaremos agindo em favor dos mais necessitados.

Queridos Leigos/as ICM. Neste ano do laicato, quero parabenizá-los pela adesão ao Projeto de Bárbara como leigos e à mística e espiritualidade das Irmãs do Imaculado Coração de Maria. O Leigo/a ICM é aquela pessoa que, tendo consciência da sua vocação batismal e da missão laical, vive fortificado pela experiência de fé da Bem-Aventurada Bárbara Maix, como resposta à vocação pessoal. Aquele/a que reconhece em Bárbara Maix e no seu carisma, a referência da própria vida espiritual, aproxima-se de Cristo como discípulo/a no intuito de ser presença do Amor Trinitário na Igreja e no mundo.

Podemos dizer que: Ser leigo/a ICM, muito mais do que fazer parte de um grupo, é fazer parte de um modo de vida, é um modo de ser! É aprofundar o sentido da sua vida a partir da vida de Bárbara Maix.

Parabenizando Bárbara pelo seu aniversário, parabenizando a todas as Irmãs da Congregação, as aqui presentes, as que estão em casa, convido que cantemos com muita alegria e vibração: Óh Bárbara, bendita és tu, fiel serva do Senhor. Anima o nosso caminhar, na esperança, fé e amor.

 

Aparecida, SP, 23 de junho de 2018.

 

Irmã Marlise Hendges

Deixe seu comentário