Congregação repassa Hospital Dom João Becker à Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

 
 
 

Depois de mais de 80 anos de missão em diversos hospitais, a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria encerrou a missão na área da saúde ao repassar o Hospital Dom João Becker (HDJB), de Gravataí, à sua nova mantenedora, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

No último dia à frente do HDJB, 31 de julho, a Congregação promoveu um ato solene onde as chaves do hospital, uma planta, simbolizando a vida, e uma carteira de trabalho, simbolizando os trabalhadores, foram entregues pela Diretor Geral da Congregação, Irmã Marlise Hendges, ao Dr. Alfredo Guilherme Englert, Provedor da Irmandade da Santa Casa. O evento, realizado no auditório do Colégio Dom Feliciano, reuniu Irmãs ICM, componentes e colaboradores da Santa Casa, Rede ICM, o prefeito de Gravataí, Marco Alba, o arcebispo de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, vereadores e a imprensa.

Durante a cerimônia, o prefeito Marco Alba classificou o momento como “um dos mais importantes e históricos” para a cidade e parabenizou as Irmãs ICM pelos 60 anos de dedicação, amor e respeito ao ser humano e à comunidade gravataiense. O prefeito também enalteceu a chegada da Santa Casa ao município, o que gera expectativa de inovação e qualificação do atendimento em saúde.

O provedor Alfredo Englert agradeceu pela confiança da Sociedade de Educação e Caridade, mantenedora da Congregação, em confiar o hospital à Santa Casa, o que incorpora mais leitos e profissionais de saúde na rede hospitalar da instituição:

“Temos uma missão grandiosa de atender com qualidade todos que buscam nossos serviços, sem discriminação de qualquer espécie. Podemos projetar no hospital de Gravataí uma grande referência futura, com a melhor assistência da região metropolitana, pois queremos que este seja um polo de assistência”, disse o provedor que acrescentou: “É um dia de muita felicidade, no qual se celebra antes de tudo o amor à vida”.

Na sua mensagem, Irmã Marlise Hedges afirmou: “Temos certeza de que foi a Providência Divina, por intercessão de Bárbara Maix, que inspirou a ideia de procurar a Santa Casa para assumir o Hospital Dom João Becker. A continuidade, com os mesmos princípios éticos e cristãos, garantirá um atendimento de qualidade com os mesmos padrões de cuidado e de humanidade. Consideramos uma Graça alcançada da Bem-Aventurada Bárbara Maix, justamente neste Ano em que Celebramos o Bicentenário do seu Nascimento” disse.

Clique aqui e leia a íntegra da mensagem da Irmã Marlise Hendges

HOSPITAL DOM JOÃO BECKER

Nascido como Casa de Saúde Coração de Maria, em 1941, o Hospital Dom João Becker foi comprado pela Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria em 1958. Investiu recursos e esforços para que o hospital bem cumprisse a sua missão junto à Gravataí e região. Em 2013, a SEC decidiu encerrar sua missão neste estabelecimento e começou a buscar uma nova mantenedora que desse continuidade à missão do hospital. Esta garantia foi encontrada na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

80 ANOS DE MISSÃO

A missão ICM no Hospital Dom João Becker durou 60 anos. Este era o último hospital sob administração da Congregação. Com este ato, a Congregação, cheia de louvor e gratidão a Deus, encerra o ciclo de missão na área da saúde hospitalar. Foram cerca de 80 anos de atuação missionária e misericordiosa em 15 hospitais, que pouco a pouco foram sendo repassados à outras instituições.

Agora, a Congregação reforça ainda mais a missão junto à Rede ICM de Educação e Assistência Social, Formação e Animação Missionária.

 

Por: Magnus Regis
comunicacao@icm-sec.org.br
Fotos: Ana Cristina Cardoso Braum / Colégio Dom Feliciano

Deixe seu comentário