Conselho Plenário Geral ICM reúne mais de 60 Irmãs

 
 
 

A assembleia anual mais importante da vida da Congregação é o Conselho Plenário Geral ICM. Este evento foi iniciado nesta quarta-feira, 04 de outubro, e prossegue até o dia 06. Mais de 60 Irmãs, representando a missão no Brasil e no mundo estão presentes no encontro.

O encontro acontece no Instituto Imaculado Coração de Maria, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e foi iniciado com Santa Missa presidida pelo bispo auxiliar de Porto Alegre, Dom Adilson Busim. Participam as Irmãs do Conselho Geral, conselheiras provinciais, articuladoras regionais e irmãs convidadas.

Na mensagem de abertura, Irmã Marlise Hendges, Diretora Geral ICM, convocou as Irmãs a iniciarem a assembleia suprema da congregação com gratidão pela presença carinhosa de Deus. Destacou que o Conselho Plenário é realizado dentro do tempo celebrativo: Ano Bicentenário de Bárbara Maix, Ano Nacional Mariano – 300 anos de Aparecida e os 100 anos das aparições de Fátima.

Como a vida congregacional está inserida na realidade mundial e brasileira, a Diretora Geral afirmou:

“Nos comprometemos a viver em comunidades solidárias e enviadas a testemunhar a justiça e a profecia do Reino de Deus. Olhando para a realidade mundial, especialmente a realidade brasileira, podemos ver a força do dragão tentando engolir mais uma vez os pobres, indefesos e excluídos. A desigualdade social cresce de forma acelerada”.

A Diretora Geral destacou que a pesquisa da Fox Fan que mostra que seis pessoas no mundo concentram tanto dinheiro como mais de 100 milhões de pessoas pobres juntas: “Não podemos ficar indiferentes diante dessa realidade que é contrária ao projeto de Deus (…)somo conclamadas a denunciar as injustiças e a anunciar a certeza de que Deus caminha conosco, caminha com o seu povo. Não podemos apoiar o projeto do anti-reino que coloca fardos pesados sobre os pobres, que mata cada vez mais o povo de Deus”, afirmou.

No trabalho com os empobrecidos, disse Irmã Marlise, a missão da Congregação é a de formar cidadãos conscientes e comprometidos com a construção de um mundo justo e fraterno. Mesmo que a realidade entristeça, a Irmã ICM, como pede o Papa Francisco, não pode perder as esperanças: “Não podemos ser profetizas tristes, desiludidas, desencantadas, medrosas, encolhidas, mas devemos ser alegres e esperançosas. Bárbara nos diz para não andar triste e carrancudas. Jesus nos diz que a sua alegria está em nós”.

Irmã Marlise convocou as Irmãs a renovarem o ardor missionário e a abandonar disposições que não ajudam na missão:

“Ao longo destes dias de Conselho Plenário, queremos olhar para a nossa casa-congregação, com firmeza e decisão, entrar no seu interior com lentes claras, olhar o que está desarruado, tirar o pó da indiferença, do desencanto. Vamos varrer o pessimismo, o negativismo, o medo. Entremos com fé e coragem e, depois de ter feito a varrida, vamos deixar um brilho de otimismo, determinação e entusiasmo. Somos missionárias de uma grande causa e o povo precisa encontrar em nós pessoas pascais, presenças da ternura, misericórdia e de Jesus Vivo e Ressuscitado que está presente na vida da humanidade para vencer.”

A Diretora Geral finalizou a mensagem de abertura convocando a todas as Irmãs ICM a serem “lâmpada acesa a iluminar a vida das pessoas”.

Conselho Plenário Geral

Tema: Irmãs do Imaculado Coração de Maria, em Comunidades Solidárias, enviadas a testemunhar a justiça e a profecia do Reino de Deus.
Lema: Avancem para a outra margem! (cf. Mt 8,18)
Objetivos Geral: Avaliar a caminhada Congregacional, a partir da Programação Geral 2017, e refletir sobre a Vida Religiosa Consagrada no contexto atual, na perspectiva de revitalizar a missão, em fidelidade ao Reino de Deus.

Programação:

Quarta-feira: Leitura da Realidade no Contexto Atual com a Prof. Dra. Marilene Maia, socialização do Processo do Planejamento Estratégico da Formação e Animação Missionária, caminhada das províncias e setor geral.
Quinta-feira: Estudo “Vida Religiosa Consagrada no contexto atual” com o Pe. Rubens Pedro Cabral.
Sexta-feira: Trabalhos em grupos, celebração do Bicentenário de Bárbara Maix, definição dos eixos e prioridades para 2018

Deixe seu comentário