Diretora Geral convoca as comunidades para celebrar o aniversário da Congregação com ações solidárias

Irmã Maria Freire escreveu carta às Irmãs ICM
 
 
 
Irmã Maria Freire escreveu carta às Irmãs ICM

Na semana em que celebra o aniversário de 172 anos de fundação (08 de maio) todas as escolas, obras sociais, casas de retiro, pensionatos e comunidades religiosas da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria promoverão gestos solidários em favor dos pobres, sobretudo, os afetados pela pandemia.

A convocação solidária foi feita pela Diretora Geral da Congregação, Irmã Maria Freire da Silva, que assinou Carta Circular n° 02/2021, enviada para as mais de 560 Irmãs, nas 100 comunidades ICM presentes no Brasil, Haiti, Bolívia, Paraguai, Argentina, Angola, Moçambique e Itália.

Ações em sintonia com o momento atual do mundo

Na correspondência, Irmã Maria Freire afirma: “fiéis ao Projeto de Jesus Cristo e a opção de nossa Fundadora, a Bem-Aventurada Bárbara Maix, solicito que cada Unidade de Ensino, Socioassistencial e Comunidades, façam gesto concreto em favor dos pobres no dia 08 de maio. Gesto que se prolongará todos os meses, em cada dia oito.”.

Para a Diretora Geral, a ação evangélica e solidária remonta as origens congregacionais e está em sintonia com o momento atual da humanidade que vive a “multiplicação da pobreza”:

“Há uma população enorme de pobres. Queremos ser solidárias nesse momento difícil do país e do mundo” afirmou Irmã Maria Freire, que completou: “somos convidadas e enviadas a sermos a faísca do amor da Trindade na história dos pobres.” finalizou.

Cada espaço ICM definirá como será feito o gesto concreto de solidariedade congregacional.

CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria é a segunda ordem religiosa mais antiga do Brasil. Foi fundada em 08 de maio de 1849, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), pela Bem-Aventurada Bárbara Maix (1818, Viena – 1873, Rio de Janeiro).

Em 1848, Bárbara teve de fugir da perseguição movida contra os religiosos em sua terra natal. Deus a conduziu para o Brasil onde fundou a congregação e dedicou-se aos pobres, especialmente às crianças e órfãos.

Com 172 anos de vida e missão, a Congregação cresceu e marca presença evangelizadora e solidária em três continentes: América Latina, Europa e África e em oito países: Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Haiti, Itália, Moçambique e Paraguai.

Em fidelidade às exigências do Carisma e ao Projeto de Jesus Cristo, assume responsabilidades nas áreas da educação, assistência social e animação missionária, no compromisso místico-profético com a vida.


Por: Magnus Regis | Comunicação ICM
E-mail: comunicacao@icm-sec.org.br