Encontro com as Irmãs de até 60 anos da Província de São Paulo

“Nossa missão é grande e por isso, necessitamos de grandes virtudes, de uma coração magnânimo, grande fé, esperança e amor, todas as virtudes em altíssimo grau”
(Bárbara Maix)
 
 
 
“Nossa missão é grande e por isso, necessitamos de grandes virtudes, de uma coração magnânimo, grande fé, esperança e amor, todas as virtudes em altíssimo grau” (Bárbara Maix)

Num clima de alegria e confiança, aconteceu de 19 a 21 o encontro das Irmãs de até 60 anos da Província de São Paulo, no Centro Teresiano de Espiritualidade, em São Roque- São Paulo. 

Com o tema: Identidade- pertença grupal em vista da missão, foi possibilitado a cada Irmã, momento de reflexão e partilha no conjunto da Caminhada da Congregação que neste momento histórico é marcado pela: Reconfiguração da Vida e Missão ICM; Ano Capitular; Gestão das Obras; Supressão das Províncias e criação de Duas Províncias. A partilha de vida e missão, Leitura Orante e Celebração Eucarística foram marcos significativos do encontro. 

Nas palavras das próprias irmãs participantes, segue o que significou o encontro: “Vejo este encontro como espaço positivo de reflexão e tomada de consciência do sentido de pertença e Missão Congregacional em tempos de estudo sobre a Reconfiguração da Congregação” (Ir. Maria Freire da Silva); 

“o sentimento que tenho do encontro é um sentimento de força, entre-ajuda e responsabilidade coletiva” (Ir. Ana Lurdes); 

“o encontro vem fluindo num espírito participativo, liberdade,  abertura  e confiabilidade. Tudo perpassado por um dinamismo profundo de corresponsabilidade neste momento de reconfiguração. Isto fortalece a nossa caminhada congregacional” (Ir. Aparecida Nogueira); 

“Meu sentimento para este encontro é  de muita alegria e entusiasmo na caminhada da Província que ao cessar suas atividades como ‘Província Dulcíssimo Menino Jesus’,  tece mais estas páginas no livro de sua existência”.  Momento histórico inesquecível” (Ir. Maria Aparecida);

“Neste momento histórico vejo este encontro com muita alegria e esperança.  A responsabilidade conjunta de cada Irmã  que reflete a própria história da Congregação e sua opção de vida. É de muita relevância  para a caminhada congregacional. No conjunto das ações isto tem uma grande repercussão e peso na missão. Parabenizo cada Irmã por priorizar este momento” (Ir Ernilda de Souza Nascimento). 

Por: 
Ir. Maria Aparecida e Ir. Cristina Alves

Deixe seu comentário