ICM-SEC promoveu encontro sobre lei da assistência social

 
 
 

Encontro Obras Sociais 

A Assistência Social ganhou nova regulamentação, para que a execução de ações por meio das instituições possa firmar-se como política de direito, sobretudo para os pobres. Em face disso, a Sociedade Educação Caridade (SEC) – Irmãs do Imaculado Coração de Maria (ICM) reuniu nos dias 05 e 06 de agosto, as/os colaboradores das sete Obras Sociais mantidas pela Congregação, para esclarecer e facilitar a adequação das instituições às novas exigências da lei.

 

O encontro realizado no Instituto Coração de Maria, Porto Alegre (RS), reuniu 45 participantes entre Irmãs, Diretoras de Obras, Secretárias, Assistentes Sociais, Educadores/as e pessoas responsáveis pela elaboração dos Projetos e Relatórios nas Obras Sociais dos Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. Especificamente, foi realizada uma capacitação sobre a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistencias, da política de Assistência Social, e as adequações que se fazem necessárias, em nossas Obras.

 

Sobre a importância das Obras Socais mantidas pela ICM-SEC, Irmã Eurides Alves de Oliveira, Conselheira do Setor Pastoral e Ação Social da Congregação, afirma que “As Obras Sociais ocupam, no conjunto da missão da Congregação, um lugar singular, pois constituem, desde as origens da Congregação, um campo prioritário de defesa e promoção da vida dos empobrecidos/as, especialmente da infância, da juventude e das mulheres” define.

 

Simone Pedott, Assistente Social da SEC, diz que o encontro foi oportuno por informar sobre as novas exigências para execução das ações sociais: “Trata da Assistência Social como política de direito dos pobres, das pessoas em situação de vulnerabilidade social, olhando para a missão e os sujeitos da Congregação. Dispõe de critérios técnicos e de qualificação da organização de profissionalização das ações, dando maior transparência e ampliando a participação do beneficiário/a como parte integrante do planejamento e execução dos projetos”.

 

Ainda, no encontro, ficou definido que a discussão sobre o tema será ampliada com, aprofundamento  e estudo das  novas exigências da Assistência Social por parte dos colaboradores/as das Obras, encontros de capacitação, integração nos conselhos e fóruns como os da Criança e Adolescentes e também a troca de experiência entre as obras.

 

As Obras Sociais da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria levam dignidade, defesa e promoção da vida para os mais necessitados/as nos espaços de missão ICM. Ao todo, mais de duas mil pessoas são atendidas com educação e capacitação profissional.

 Ressonâncias do Encontro: Tipificação Nacional de Serviços Socioassistencias, da política de Assistência Social “O encontro foi enriquecedor e também nos fez ver que as instituições estão se enquadrando. Traz organização e mais transparência”Arnaldo Batista –  Instituto São Benedito; Porto Alegre (RS) “O encontro veio para mostrar a aplicação da nova Lei para que tenhamos clareza dela não apenas na parte escrita. O grupo de organização colaborou para essa clareza e também  acolheu as sugestões que as pessoas trouxeram” Irmã Aureni Alves –  Instituto Imaculado Coração de Maria; Rio de Janeiro-RJ “O encontro foi maravilhoso, produtivo e esclarecedor. Destaco a integração fundamental para continuidade do trabalho aliando os conceitos da nova Lei não esquecendo a missão ICM,” Rozimari Fernandes Cleoni – Instituto Providência, Porto Alegre-RS “Gostei do encontro e acredito que temos a preocupação de alinhar as exigências da Lei às atividades. Será trabalhoso. Há uma zona cinzenta, porém aqui temos as luzes. Quem falou [no encontro], falou com propriedade e é um processo de construção em conjunto”. Marcos Leite de Oliveira– Educandário São José do Belém, São Paulo-SP  

 

Deixe seu comentário