Irmã Angélica de Oliveira é a nova coordenadora da Rede Um Grito Pela Vida no RS

 
 
 

A Irmã Angélica de Oliveira é a nova coordenadora do núcleo gaúcho da Rede Um Grito Pela Vida, entidade da Conferência dos Religiosos/as do Brasil (CRB – Rio Grande do Sul), cuja missão é a luta pela prevenção e erradicação do Tráfico de Pessoas.

A jovem Irmã do Imaculado Coração de Maria (ICM) assume a missão em substituição a Irmã Michele da Silva, icm. A eleição aconteceu durante reunião online do grupo. Na mesma ocasião, a Irmã Glenda Sábio, das Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã, foi escolhida como secretária.

Nascida em Sinop, no Mato Grosso, Irmã Angélica de Oliveira é religiosa ICM desde 2013. É formada em Serviço Social, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e exerce sua missão junto ao Instituto Providência, de Porto Alegre (RS), obra fundada pela Bem-Aventurada Bárbara Maix, que pertence à Rede ICM de Educação e Assistência Social.

No Rio Grande do Sul, a exemplo do que acontece em âmbito nacional, a Rede Um Grito Pela Vida reúne congregações religiosas e leigos/as para as ações de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Em 2020, por conta da pandemia, muitas ações foram feitas na modalidade online, com a publicação de vídeos educativos e de esclarecimento à população.

APOIO À CAUSA

A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria apoia a Rede Um Grito Pela Vida desde o seu nascimento. São muitas as Irmãs participam de forma efetiva e afetiva  dos núcleos espalhados pelo Brasil, participando das ações de prevenção, denuncia, acompanhamento das vítimas e prevenção ao tráfico humano.

Por: Magnus Regis | comunicacao@icm-sec.org.br