Irmã Gentila Richetti: “Bárbara continua como flecha bem direcionada na realização do Projeto de Deus”

 
 
 

Em 27 de junho de 1818, nascia em Viena, na Áustria, Bárbara Maix, a menina que, ainda criança, acolheu chamado de Deus fazer da sua vida uma preciosa doação à Igreja e aos empobrecidos.

Passados 30 anos de seu nascimento e quase 10 mil km longe de sua terra natal, já no Brasil, precisamente no Rio de Janeiro (RJ), Bárbara Maix, enfim, concretizava a Vontade de Deus ao fundar, em1849, a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria.

Em um vídeo mensagem, a Irmã Gentila Richetti, postuladora da Causa de Canonização da Bem-Aventurada, destaca o sentido de celebrar a existência da fundadora ICM:

“Os pais de Bárbara Maix não puderam ver o que Deus realizou no mundo através da filha. Deus a constituiu uma flecha da sua aljava e a direcionou para longe: da Áustria ao Brasil. «Flecha na mão de um guerreiro»! Serva do Senhor da Vida!”.

E continuou: “Neste dia, 27 de junho, celebramos a vida de Barbara que continua como flecha bem direcionada na realização do Projeto de Deus, do Reino de Deus e sua justiça”.

Sem esquecer da pandemia do novo coronavírus, Irmã Gentila enfatiza a intercessão da Bem-Aventurada junto a Deus: “Neste tempo de tanto sofrimento no mundo, pedimos à Aniversariante que interceda junto de Deus pelos portadores do covid-19, pelos agentes da saúde e pelos cientistas para sejam iluminados e tenham êxito na sua pesquisa” disse.

Assista a íntegra da mensagem no vídeo abaixo:

Deixa uma resposta

Seu endereo de email não será publicado.