Irmã Marlise Hendges, em Angola

 
 
 

A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, durante o processo da Reconfiguração, desafiou-se a assumir uma missão, em outro país.

A escolha recaiu sobre Angola, e o local foi intermediado pelos Padres Pobres Servos da Divina Providência, que relataram a necessidade de uma Comunidade de Irmãs, na Diocese de Mbanza Congo. Dom Vicente Kiaziku, bispo da referida Diocese, alegrou-se, sobremaneira, ao tomar conhecimento do desejo da Congregação ICM, de fundar uma Comunidade, naquele país.

No intuito de fazer os encaminhamentos necessários para a abertura da nova missão, Irmã Marlise viajou para Maputo, Capital de Moçambique, no dia 30 de maio, onde se encontrou com a Irmã Élida das Trevas Farias, com o objetivo de viajarem para Angola.

No dia 04 de junho, recebemos a seguinte notícia: “estamos em Luanda, capital de Angola, hospedadas na Casa dos Pobres Servos da Divina Providência. Aqui visitamos o hospital dirigido por eles e a escola administrada pelas Irmãs da mesma Congregação. Um amplo trabalho em favor da vida. No dia 05 de junho de 2015, seguiremos para Mbanza Congo, local onde será fundada, posteriormente, a Comunidade de Irmãs ICM”.

A nova fundação será integrada pelas: Élida das Trevas Farias, Irene Tereza Cavalli e Leonardi Backes, que já se encontram em Moçambique.

Pedimos à grande família ICM que se una em oração, tendo presente a visita e possível fundação, em Angola, bem como toda a missão ICM que já acontece em terras africanas.

Quando do retorno de Irmã Marlise, teremos condições de informar mais detalhes da viagem, da data e finalidade da nova fundação.

Deixe seu comentário