Irmãs ICM na missão solidária junto aos imigrantes em Roraima

 
 
 

Nos dias 22 de julho a 01 de agosto, a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, marcou presença solidária samaritana junto aos migrantes venezuelanos em Roraima. O segundo grupo formado pelas Irmãs Maria Aparecida Barboza, Conselheira do setor de Animação Missionária da Congregação, juntamente com as Irmãs Maria Lucimar e Teolide, conselheiras do setor de Formação e Animação Missionária, da Província Nossa Senhora de Guadalupe, Irmã Antoninha também da Província de Guadalupe e as Irmãs Edith e Leonora da Província Maria Mãe de Deus.

Objetivo: Ser presença solidária junto às pessoas que vivenciam os desafios do processo migratório e contribuir com a Igreja local, pessoas e ONGs locais nos serviços humanitários de acolhimento, orientações, cuidado com a saúde e outros que se fizerem necessários.

Contribuir com as entidades: Centro de Migração e Direitos Humanos (CMDH), Serviço Jesuíta aos Migrantes e Refugiados (SJMR) e Instituto de Migração e Direitos Humanos (IMDH) no auxilio do preenchimento do formulário de pedido de Refúgio.

Junto a Pastoral da Criança foi realizado a pesagem das crianças no abrigo e em algumas comunidades, com orientação para as mães sobre alimentação e o cuidado com saúde das crianças
Visita e entrega do café da manhã para crianças e adultos (prédio da Secretaria de segurança ocupado pelas famílias) e nas dependências da Rodoviária e nas barracas.

Contribuição na preparação dos alimentos a serem servidos aos venezuelanos junto a Paróquia Nossa Senhora da Consolata, cerca de 1500 almoços por dia.

Dedicação de tempo à escuta solidária das experiências de vida e sofrimento dos refugiados, seus lamentos e pedidos de ajuda. E participação das celebrações eucarísticas em algumas das comunidades da diocese. O Trabalho foi realizado em conjunto com as Irmãs Scalabrinianas e Irmã Ilma, da Pastoral da Criança.

Agradecimento à acolhida do Bispo Dom Mário Antonio e toda equipe pela acolhida e dedicação na missão.

Deixe seu comentário