Mensagem da Irmã Marlise Hendges por ocasião da nomeação da Irmã Roselei Bertoldo

 
 
 

MOMENTO EXTRAORDINÁRIO DE GRAÇA

Irmã Roselei Bertoldo, da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, é convidada, pelo Papa Francisco, a participar do Sínodo para a Amazônia.

A Plenária da UISG, em maio de 2019, nos possibilitou uma experiência ímpar: a de dirigir, ao Papa Francisco, uma pergunta: “Que contributo a Vida Religiosa Consagrada pode oferecer ao Sínodo para a Amazônia?” Ao que o Santo Padre respondeu: “Na Amazónia é importante a presença da mulher para a sensibilidade dos povos indígenas e também a mulher é capaz — a religiosa, a consagrada — de entender melhor o problema tribal, porque não é um problema… Cada tribo, cada categoria indígena não é uma espécie de clube de futebol, nem uma associação cultural. É vital, e só a mulher é capaz de compreender a vida. E a mulher consagrada, certamente, saberá procurar as estradas para lá chegar. (…) Penso que o vosso contributo ajudará muito a não errar na inculturação, e a acompanhar, com o respeito, porque uma mulher consagrada é muito zelosa no respeito, do modo como a vida cresce, do respeito em volta das irmãs de Santa Ana, da fragilidade. Uma mulher consagrada sabe mover-se com a fragilidade, de modo especial, de modo teologal”.

Nunca imaginávamos que, alguns meses depois, recebêssemos a abençoada notícia: Irmã Roselei Bertoldo é convidada, pelo Papa Francisco, a participar do Sínodo para a Amazônia, a realizar-se em Roma, nos dias 06 a 27 de outubro de 2019. Irmã Roselei, é assessora da REPAM (Rede Eclesial Pan-Amazônica) pertence à Comunidade Bem-Aventurada Bárbara Maix, de Manaus, cuja missão principal é atuar no enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, integrando a Rede um Grito pela Vida, da CRB Nacional. Além disto, as Irmãs atuam na defesa e promoção da vida, lá onde o clamor se faz mais intenso, seja junto aos refugiados haitianos, venezuelanos, seja em outras situações onde o sofrimento humano exige sua presença solidária.

Nos dias 9 a 11 de abril 2019, a Irmã Roselei participou, em Roma, de uma Conferência Internacional sobre “Orientações Pastorais sobre o tráfico humano”. Na ocasião, foi cumprimentada pelo Papa Francisco, sentindo-se profundamente emocionada com as palavras de ânimo e força que o Papa lhe dirigiu, incentivando-a a continuar firme na missão que vem assumindo, na Rede um Grito pela Vida.

Querida Irmã Roselei, nós nos sentimos imensamente felizes com sua escolha para participar do Sínodo para a Amazônia. Queremos parabenizá-la e dizer que, através de você, toda a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria estará presente. E nós nos sentimos bem representadas por você. Pedimos à Trindade Santa que lhe conceda luz, sabedoria e discernimento, para exercer a profecia neste espaço privilegiado que Deus lhe concede.

O Cardeal Dom Cláudio Hummes, amigo pessoal do Papa Francisco, em entrevista ao Instituto Humanitas Unisinos (IUH), afirmou que o Santo Padre quer ouvir as mulheres que, como ele reconhece abertamente, “têm um papel destacado nas comunidades da Amazônia”. Segundo comentários, espera-se uma presença proeminente de mulheres na assembleia sinodal, excedendo o número dos sínodos anteriores, afirmou o Cardeal.

O Sínodo para a Amazônia é um acontecimento histórico e cheio de esperança para a Igreja e para o mundo. O Papa Francisco, acolhendo o desejo de algumas Conferências episcopais da América Latina, decidiu convocar o Sínodo com o objetivo principal de identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos, e sem perspectivas de futuro. Outro objetivo do Sínodo é a crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para o planeta. E o Papa insistiu para que esse Sínodo permaneça firme no foco: “Novos caminhos para a Igreja” significa novos caminhos para a Igreja na Amazônia, e novos caminhos para uma ecologia integral, na Amazônia. Esse tema delimita o objetivo do Sínodo.

Sugerimos a leitura do texto de Irmã Maria Freire da Silva, Coordenadora Provincial da Província Nossa Senhora de Guadalupe, que fala mais especificamente sobre o que é o Sínodo, e o papel da Irmã Roselei neste extraordinário evento. (Clique aqui para ler)

Queridas Irmãs, permaneçamos em sintonia com este acontecimento eclesial, que deve tocar diretamente o nosso coração, já que diz respeito aos pobres e esquecidos do planeta. Rezemos pelo Sínodo, pelo Papa Francisco e por todos os participantes, em especial pela Irmã Roselei Bertoldo, a fim de que sua participação seja um momento de intenso exercício da profecia do Reino de Deus.

Irmã Marlise Hendges
Diretora Geral e Conselho

Deixe seu comentário