Mensagem da Província N. Sra. de Guadalupe para o aniversário da Congregação

 
 
 

Queridas Irmãs e Formandas,
Leigas e Leigos ICM,
Educadores/as, Funcionários/as de nossos espaços de missão,
Amigas e amigos do caminho!

“Eu sei tão certo como é certo que Deus existe,
que será assim e não de outro modo,
pois foi Ele e não eu quem fundou a Congregação”.
(B. Maix 05.09.1871)

Celebramos, neste dia 08 de maio de 2021, o aniversário de 172 anos de fundação de nossa amada Congregação. Dia de louvor e ação de graças pela história construída, a vida, as relações e a missão realizada ao longo deste tempo, em que o Chronos, tempo histórico e cronológico se tornou Kairós, tempo de Deus, tempo de sabedoria, graça e profecia.

 O tempo histórico de onde emergiram e emergem os clamores dos pobres e da terra, os apelos missionários e proféticos das crianças e adolescentes, das juventudes, das mulheres, das populações de rua e tantas outras pessoas e situações, se fez Kairós para a Bem-Aventurada Bárbara Maix, para a comunidade fundante e para as irmãs que nos precederam, e para cada uma e cada uma, cada um de nós que abraçamos com alegria e esperança o Carisma, a Espiritualidade e a Missão da Congregação.

A celebração da festa fundacional, desta obra de Deus, nossa “Casa Congregação”, é um convite à memória agradecida do caminho percorrido, e à renovada vivência das intuições, virtudes e práticas, deste precioso tesouro: o Projeto de VRCICM, que herdamos de nossa querida fundadora e carregamos amorosamente em “vasos de barro”, empenhando-nos em vivê-lo com mística e profecia, no cuidado com a vida.

Desde a origem, Deus nos configurou, como uma Congregação em saída: de Viena para o Brasil e do Brasil para o mundo, dos centros para as periferias e fronteiras da missão, em diferentes espaços, sempre atentas e fiéis aos sujeitos históricos da missão em cada tempo e lugar.

O contexto hodierno que estamos vivendo, é desolador e triste. Agravados pela pandemia do Coronavírus, os cenários que nos circundam são de dores, exclusões, fome, desempregos, doenças e mortes. A vida clama por misericórdia e solidariedade. A realidade pede de nós consciência crítica, fé ativa, caridade social e esperança profética.

Sair às pressas, ao encontro da vida que clama’ (cf. Lc 1,39) segue sendo para nós, imperativo de fidelidade. Embora impossibilitadas/os de fisicamente nos fazermos presentes junto as pessoas, aos mais pobres, como gostaríamos, não podemos ficar indiferentes aos seus clamores. Urge colocar o coração nas mãos e sermos criativas na arte de socorrer os que sofrem e proteger a vida ameaçada, com nossas orações, relações e gestos concretos de solidariedade. Que a festa da fundação da Congregação, seja mais uma oportunidade para a ascese do amor-doação.

Lembramos com especial carinho, que este dia festivo, é também o dia das aspirantes. N’elas, Deus confirma a fecundidade, a força, a vitalidade e a continuidade do Carisma e Missão da Congregação. Parabéns queridas Aspirantes! Vocês são para Deus e para nós “perolas de subido valor”. A vocês nossa oração, acolhida e desejos de alegre perseverança na resposta amorosa e decidida ao chamado de Deus com as bênçãos da Bem-Aventurada Bárbara Maix.

Em unidade congregacional, entoemos um hino de ação de graças ao Deus Trindade, ao Coração de Maria e à Bem-Aventurada Barbara Maix pela nossa vida e missão nestes 172 anos. Celebremos com gratidão o passado, com paixão o presente e abracemos com esperança e ousadia o futuro (cf. Papa Francisco). Sigamos confiantes de que “Deus, de quem tudo procede (…) pode mudar tudo e dirigir tudo como deve ser e como quer que seja a nossa Congregação e como, desde o início, ordenou que fosse (…) Deus iniciou esta Obra, Ele me ajudou a continuá-la e somente Ele vai completá-la, segundo a Sua santa Vontade, conforme o modelo da Igreja primitiva dos primeiros cristãos dos três primeiros séculos. (Barbara Maix, 05.09.1871)

Mil parabéns a todas e todos nós, que somos parte desta linda história que temos, não só para recordar e celebrar, mas para seguir construindo!

Com carinho, um grande abraço

 


Irmã Eurides Alves de Oliveira

Coordenadora Provincial
Província Nossa Senhora de Guadalupe