Mensagem de abertura do ano letivo 2015

 
 
 

O iniciar de um novo ano escolar sempre traz desafios, exigências, buscas, realizações, mas, sobretudo traz o compromisso de na convivência cotidiana construir conhecimentos e contribuir no processo de formação para a vida das crianças e jovens a nós confiados, a fim de que possam ser protagonistas de sua própria história.

Somos convocados a assumir a caminhada educativa com coragem e esperança, fazendo a diferença em nossas práticas pedagógicas, empenhando esforços em ajudar a construir soluções transformadoras para as novas demandas das gerações atuais, sendo e formando pessoas criativas, dinâmicas, capazes de dar significado ao aprendizado e relacioná-lo com o cotidiano da vida.

Cultivemos em nós, a consciência de que é no Amor e na Acolhida que configuramos comunhão, geramos esperança, estabelecemos confiança e promovemos a verdadeira vida. E é nesta perspectiva que queremos iniciar o ano de 2015 e o queremos cultivar em todo o seu percurso, pois está em nossas mãos e em nosso coração a credibilidade e a competência do fazer educativo.

Tenho certeza de encontrar educadores dispostos, apaixonados pela causa da educação e capazes de tornar os educandos, verdadeiramente, sujeitos porque construtores de uma história pautada na responsabilidade, na lealdade e na conquista dialógica.

A proposta educativa preconizada por Bárbara Maix, nossa fundadora, nos desafia a acolhida, ao cuidado, ao respeito, ao conhecimento, exigindo nossa atenção e nossa responsabilidade. Sejamos corajosos e autênticos em seu seguimento: “Mostremos, com nosso exemplo, aquilo que com palavras ensinamos”. (Maix, 1871)

Que Deus continue sendo nosso guia: indicando o caminho, amparando-nos em nossas dificuldades, mostrando o rumo certo diante das incertezas, fortalecendo nossas conquistas e alegrias, a fim de que na confiança sejamos sempre portadores de esperança e vida.

Bom ano letivo!

 

Ir. Elenar Luisa Berghahn
Vice-Diretora Geral e Conselheira do Setor Educação
Irmãs do Imaculado Coração de Maria

Deixe seu comentário