No Paraguai, a missão da Irmã Anisia Thiele através das ondas do rádio

 
 
 
"A experiência de trabalhar em rádio é interessante e gratificante" disse

Ser missionária é assumir os espaços  disponíveis para evangelizar. Inserida na missão ICM no Paraguai, Irmã Anisia Thiele partilha conosco uma de suas ações que realiza –  a evangelização através do Rádio. Na semana, durante as manhãs, os assuntos ligados à causa do Reino de Deus são abordados na rádio local. O programa ‘bombou’! Oração e formação  constam no programa bilíngue: realizado em português e em espanhol.

Sem dúvidas, o estúdio se alarga para a casa, espaço de trabalho e comunidades onde estão os muitos ouvintes.

Confira o relato:

A experiência de trabalhar em rádio é interessante e gratificante. É um desafio expor-se ao publico e a grande responsabilidade, porque não pode falar bobagem, muito menos expor-se a  assuntos que comprometam ou colocam em enroscadas.
Saber que a longas distâncias pessoas de qualquer gênero raça, cor ou crença nos acompanham, ‘e assunto muito serio.

Trabalhar na Rádio com um Programa diariamente é um extraordinário meio de Evangelização, um compromisso muito serio.

É gratificante ouvir os depoimentos de pessoas quando, por acaso, a gente se encontra, assim se expressam: “De manhã cedo quando vou tirar o leite das vacas, ligo o rádio e não perco a sua fala”; Outra: “Em casa, não se pega bem o rádio, mas quando vamos de trator para a lavoura, sempre ligamos o rádio e acompanhamos o seu Programa”. Outra: “Que alegria poder abraçar a Irmã que todos os dias nos fala tão bonito no rádio”; “Até que enfim posso abraçar a Irmã que diz tanta coisa bonita”.

E outras se tornam Evangelizadoras comigo. Uma senhora, analfabeta, que acompanha nosso programa na radio, diz: “Eu entendo o português da Irmã, eu traduzo e explico para quem não entende”.

Nossa região, 80% da população são brasileiros ou paraguaios, filhos de brasileiros. Queremos atender a todos, por isso, nosso Programa em parte é feito em Espanhol e outra em Português, isso traduz uma atenção principalmente as pessoas de mais idade que tem dificuldade com o Espanhol como também eu que ainda não o domino. Há uma tentativa de inculturar-me sempre mais, aprender melhor o espanhol e também o desafio em aprender o Guarany que e língua mãe do Paraguai.

Irmã Anisia Thiele

Deixe seu comentário