O MENINO DO MILAGRE: O amor de Deus manifestado em Onorino Ecker

 
 
 

O milagre operado por Deus, através da Bem-Aventurada Bárbara Maix, na cura milagrosa do menino Onorino Ecker, ocorrida em 1944, em Santa Lúcia do Piaí, distrito de Caxias do Sul. Ele tinha 4 anos e sofreu queimaduras de terceiro grau ao cair sobre uma fogueira. Devido a gravidade do ocorrido e a eminência de morte, a Bem-Aventurada Bárbara Maix foi invocada em oração. Em 15 dias, o menino saiu sem nenhuma marca ou sequela, completamente curado.

Onorino Ecker brincava com seus irmãos ao redor do fogo. O acidente aconteceu, derramando sobre ele uma panela de água fervente. Isto fez com que o garoto caísse sobre as brasas e respirasse também vapor e cinzas quentes. Motivados pela Irmã Dulcídia (Elisia) Granzotto, os familiares e a comunidade local uniram-se em oração, invocando a intercessão de Madre Bárbara Maix.

Foi este milagre que fez o Vaticano reconhecer que a Bem-Aventurada Bárbara Maix está no céu, intercedendo por todos que a ela recorrem em oração.

Na foto, Onorino Ecker, 75 anos, diante do monumento que retrata o milagre de Deus, operado pela intercessão da Bem-Aventurada Bárbara Maix, em Santa Lúcia do Piaí, Caxias do Sul/RS. Onorino faz questão de participar das peregrinações ao local. Hoje, ele mora no Estado de Santa Catarina.

 

Ir. Amelia Thiele

Deixe seu comentário