Picos/PI: Romaria leva solidariedade às famílias vitimadas pela Mineração

Divulgação da Diocese de Picos
 
 
 
Divulgação da Diocese de Picos

A Diocese de Picos em parceria com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), Cáritas Diocesana e Regional, realizou entre os dias 04 e 05 de agosto, a Romaria da Solidariedade com as famílias atingidas pela mineração na Região do Baixio dos Belos, município de  Curral Novo do Piauí.

Em solidariedade às  famílias afetadas, bem como na soma às causas do povo de Deus, a Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria participaram da Romaria. Irmã Maria de Fátima Santos, da comunidade de Picos, participou do ato.

A Romaria teve como tema: “Romaria da Solidariedade, para não esquecer a força da união” e teve como objetivo o de somar forças e dar apoio às famílias que estão enfrentando tamanho sofrimento ocasionado pela mineração foi um dos principais objetivos da Romaria.

A cidade de Curral Novo do Piauí é um lugar abandonado, deserto, sem água e sem energia elétrica. O Projeto de mineração  foi instalado na região sem levar em conta as necessidades da população local.

Irmã Maria de Fátima disse que, além da dificuldade do acesso a água e energia elétrica por parte da população, os moradores da cidade temem ficar sem ter onde morar:  “Pedimos orações para poder continuar com coragem e muita força, porque os grandes projetos de mineração querem  tomar as terras dos pobres sem dar a justa indenização. Não fui só. Apresentei-me como Irmã do Imaculado Coração de Maria. Estava representando toda Congregação. Onde está uma Irmã está toda a Congregação. Não me sinto sozinha. Sinto bem forte a presença de Deus, Maria e nossa querida Bárbara Maix assim como de cada Irmã, o que me leva  a continuar lutando pela justiça ao lodos dos mais pobres.”

Para Dom Plínio José, bispo diocesano de Picos, a situação vivenciada pelas famílias é bem delicada. “O povo realmente está aflito. Sabemos que a empresa Mineradora já tem toda a articulação na área da mineração, dispondo de tudo o que precisam para agir. Pelo poder de acesso à informação, eles já têm tudo que precisam. O povo, por sua vez, conta com o apoio da Diocese, CPT e Cáritas. E esse nosso apoio tem sido significativo para as famílias da área. Por isso, realizamos a Romaria da Solidariedade visitando todas as famílias e ouvindo seus testemunhos e apelos”, explica.

Desde 2013 a Igreja local acompanha essas famílias.

Informações:

Diocese de Picos –  www.dp15.com e Província Cristo Libertador

Deixe seu comentário