Santas Casas e Hospitais Filantrópicos alertam para falta de repasse do SUS; Dia “D” mobilizará entidades

Foto Alina Souza/Especial Palácio Piratini
 
 
 
Foto Alina Souza/Especial Palácio Piratini

No dia 06 de maio, em 220 municípios do Estado, as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos realizarão atividades para chamar atenção da comunidade para a situação crítica que estão inseridas. Agravada, especialmente, de outubro de 2014 até agora, as 245 instituições de saúde sem fins lucrativos do RS deixaram de receber do Governo do Estado mais de R$ 207 milhões.

Com essa dívida e sem a previsão de pagamento, o governo coloca em risco a situação financeira das instituições, bem como o seu pleno funcionamento e atendimento à população, especialmente a mais carente. Para que se tenha uma ideia, as Santas Casas e os Hospitais Filantrópicos são responsáveis por mais de 70% do atendimento SUS, além de empregar 65 mil funcionários.

A população, maior beneficiada com os atendimentos realizados pelas instituições, devem conhecer e apoiar a causa. No dia 06 será feita a entrega de panfletos, cartazes e o abraço simbólico à instituição. Na oportunidade será apresentada a grave realidade enfrentada pelas instituições. Para este dia também será feita a suspensão dos atendimentos eletivos do Sistema Único de Saúde. Trata-se de uma medida extrema e indesejada, porém, as Santas Casas e Hospitais filantrópicos não podem ser vítimas do descaso do governo para com estes espaços e, também, para com a população.

Para o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul, Francisco Ferrer, as 245 Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, por sua missão, mantiveram o atendimento pleno aos gaúchos, mesmo com o descaso dos entes governamentais. A partir de agora, caso a saúde não seja tratada com a prioridade necessária, as consequências serão drásticas: o fechamento de leitos, diminuição da assistência, demissões e outras formas de adequar as instituições à nova realidade de corte de recursos.

A Sociedade Educação e Caridade, da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, é a entidade responsável pelo Hospital Dom João Becker, na cidade de Gravataí/RS.

Com informações da Federação das Santas Casas. Fone (51) 3311.2333

Deixe seu comentário