Solidariedade no Haiti: Irmãs e leigos costuram máscara para os pobres

 
 
 

A Pandemia da Covid-19 aguça ainda mais o espírito solidário das Irmãs do Imaculado Coração de Maria. Em mais uma ação de cuidado com a vida, desta vez no Haiti, país da América Central, as Irmãs ICM estão empenhadas na doação de máscaras para as pessoas mais necessitadas.

A atividade solidária é promovida pela comunidade de Jéremie, no Haiti. Num atelier improvisado, as Irmãs e leigos costuram máscaras de tecido, importante item de proteção ao contágio do coronavírus.

Segundo a Irmã Neuza Lovis o trabalho é grande: “já temos prontas 189 máscaras. Há 409 recortadas e vamos continuar [confeccionando mais unidades]” disse.

No Haiti, o uso da máscara é obrigatório desde o dia 11 de maio. Antes disso, em 19 de março, as autoridades decretaram situação de emergência. Como consequência, houve o fechamento de rede de escolas, centros de treinamento e universidades. Até o dia 14 de maio, o Haiti teve 234 casos de contaminação confirmados, destes, apenas 17 recuperados e 18 mortos.

Num país marcado pela pobreza e por um sistema de saúde considerado fragilizado, a ação ICM é um ato de promoção da vida e de proximidade ainda maior com o povo. Além dos panos e linhas, as máscaras também são costuradas com os preciosos fios de carinho, esperança e de vida plena.

Por: Magnus Regis
comunicacao@icm-sec.org.br

Deixe seu comentário