Tráfico de Pessoas: Irmã Eurides Alves participa do encontro mundial da Rede Talitha Kum na Itália

 
 
 

A Vida Religiosa Consagrada no mundo reafirma seu compromisso com a erradicação do Tráfico de Pessoas. Esta ação de comunhão é evidenciada durante encontro da rede mundial de religiosas ‘Talitha Kum’, que ocorre entre os dias 24 e 31 de janeiro, em Roma, Itália.

A Rede Talitha Kum – que significa: “menina, eu te digo, levanta-te” – é uma organização da União Internacional das Superioras Gerais (UISG), com sede em Roma, e promove ações contra o tráfico humano no mundo. Para este encontro mundial, foram convocadas 16 religiosas representando a América central, América Latina, América do Norte, Europa, África, Ásia e Oceania.

A programação quer estudar e debater três pontos fundamentais para as ações da Talitha Kum: o fenômeno do tráfico de pessoas, a organização em rede e a avaliação das ações realizadas pela entidade nos últimos anos. Também será feita a construção do plano estratégico da rede mundial para os próximos dois anos e a eleição das representações continentais da entidade.

O primeiro dia de encontro foi prestigiado pelo Cardeal João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, e pela Irmã Carmen Sammut, presidenta da UISG. A programação contempla ainda a participação no encontro conclusivo do Ano da Vida Consagrada.

PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA

Entre as representes da América Latina está a Irmã Eurides Alves de Oliveira, religiosa da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria e integrante da coordenação nacional da Rede Um Grito Pela Vida, da Conferência dos Religiosos/as do Brasil. Ela destaca que, a cada dia, o tráfico humano, é uma causa gritante:

“A minha expectativa para este encontro é, sem dúvida, o intercâmbio das vivências e compromissos com as redes de enfrentamento ao tráfico nos diversos continentes, o fortalecimento do compromisso com esta causa que a cada dia se torna mais gritante em nosso mundo. Também definir estratégias de articulação e ação conjunta a fim de que nossa missão seja de fato efetiva e contundente, com maior envolvimento com as vítimas e força ético-política, sinalizando para Igreja e o mundo, que juntas/os podemos fazer a diferença ao assumirmos o enfrentamento ao tráfico de pessoas, como causa de Deus, do Deus da vida, o Deus dos pobres, Aquele que resgata a vida ameaçada e ferida” disse.

Encontro Talitha Kum 06

Preseça América Latina: Ir. María Silvia Olivera, SSM (Rede Kawsay), Ir. Carmela Gibaja Izquierdo, SAC (Rede Ramá) e Ir. Eurides Alves de Oliveira, ICM (Rede Um Grito Pela Vida)

Irmã Eurides afirmou que o encontro mundial acontece em um momento especial para a Vida Religiosa que celebra no início de fevereiro o encerramento do Ano da Vida Consagrada: “justamente nos lembra da vitalidade e fecundidade. A renovação da Vida Religiosa Consagrada passa pela sua ousadia profética em assumir sua vocação-missão no compromisso com as grandes causas da humanidade, dentre elas, a dignidade, a justiça e paz, buscada e defendida concretamente no serviço e na militância pelo fim do tráfico humano e todas as formas de exploração. Oxalá nosso encontro seja um sinalzinho desta grande missão” finalizou.

Deixe seu comentário