Zero Hora: Cerimônia no centro da Capital marca troca de relicário de religiosa austríaca

 
 
 

Na manhã de sábado, foi feita a reposição da urna com os restos mortais de Madre Bárbara Maix, religiosa austríaca que morou no Brasil e deve ser beatificada. A troca de relicário ocorreu na Capela São Rafael, na Rua Riachuelo, no centro de Porto Alegre.

Religiosos acompanharam a rápida cerimônia. O acervo só será aberto à visitação após a celebração de beatificação, no próximo dia 6, no Gigantinho, na Capital. O novo relicário é maior, tem um lado de vidro para visualização de seu interior e ficará embutido em uma das paredes da capela com uma escultura de Bárbara Maix e do Coração de Maria.

A religiosa morreu há 137 anos, no dia 17 de março de 1873, no Rio de Janeiro. Ela viveu em Porto Alegre por 14 anos. A beatificação acontece após o Vaticano atribuir a ela um milagre. O menino Onorino Ecker, de Caxias do Sul, teria ficado curado, sem marcas, após sofrer queimaduras de terceiro grau em julho de 1944.

Fonte: ZERO HORA

Deixe seu comentário